Home   |   Empresa   |   Produtos   |   Serviços   |   Fale Conosco   |   Faça um Orçamento
Notícias

Venda de carro cai maio...

O emplacamento de veículos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus e implementos rodoviários) registrou queda de 3,25% nos primeiros 11 dias úteis de maio em comparação ao mesmo período de abril de 2011. Foram comercializados 240.384 veículos na primeira metade deste mês, contra 248.467 unidades nos primeiros dias úteis do anterior. As informações são da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). “As medidas macroprudenciais estão surtindo efeito, causando desaquecimento no mercado, mesmo com a deflação dos preços dos automóveis”, afirmou Sergio Reze, presidente da entidade.

 

 

            Já em relação à primeira metade útil de maio de 2010, quando foram vendidas 194.589 unidades, o setor registrou crescimento de 23,53%%.

 

Nos números do mercado nacional chama a atenção à queda na produção e venda de veículos no país, indicando de certa forma um desaquecimento do setor, que até então vinha de vento em popa, indiferente às medidas anticonsumo. Se bem que, alguns reflexos tardam um pouco para aparecer, nem sempre ocorrem assim que aplicados. Desaquecer o mercado é tudo que o governo brasileiro quer no momento, o objetivo é frear o ímpeto inflacionário que começou a sair do centro da meta anual. Assim, a produção de veículos no país registrou queda de 4,9% em abril deste ano em comparação com março. Os dados são da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), divulgados na sexta-feira 6, que segundo a entidade, foram produzidas 280,1 mil unidades em abril e 294,4 mil no mês anterior. Ainda bem que na comparação entre abril deste ano e o mesmo período de 2010, quando foram produzidos 274.830 automóveis, registra-se ainda crescimento de 1,9%, mostrando que até então as vendas estiveram realmente aquecidas. O que se pode observar esse aquecimento também no quadrimestre, quando a produção aumentou 4,1% em relação ao mesmo período de 2010, de acordo com a Anfavea. Nos quatro primeiros meses de 2011 foram produzidas 1.105.945 unidades e, em igual período do ano passado, 1.061.904. Quer dizer, se no ano passado a indústria automobilística já produzia bastante, iniciou 2011 bem mais acelerada, assim nos mostra os números da Anfavea fornecidos recentemente. Como consequência da queda na produção, logo as vendas registraram também queda de 5,5% em abril, na comparação com março. No mês passado foram vendidas 289,1 mil unidades e em março 306,1 mil. No entanto, na comparação entre abril deste ano e o mesmo mês do ano passado, quando foram vendidas 277,8 mil unidades, o crescimento se manteve em 4,1%. No quadrimestre, as vendas cresceram 4,6%. Foram comercializadas este ano 1.114.350 unidades. Em 2010, foram 1.065.850.

 

URL: http://www.omecanico.com.br/news.php?recid=9008

http://www.joseaeciocosta.com/2011/05/cai-producao-e-venda-de-veiculos-em.html

 



Venda de carro cai maio...Venda de carro cai maio...Venda de carro cai maio...


Veja outras Notícias
 

   Radiadores NJ
     Avenida Itatiba, 414 - Vila Liberdade - Jundiaí/SP - CEP: 13215250
     Fone: (11)4521-3866 / Celular: (11)4521-1366 - radiadoresnj@radiadoresnj.com.br

OnLine Express